Tempo de Leitura: 0 minutos



BOLETIM ASRM
Volume 18, Número 6
9 de Fevereiro de 2016

A ASRM (American Society Reproductive Medicine) emitiu o seguinte comunicado na imprensa:

A Sociedade Americana de Medicina Reprodutiva está acompanhando de perto os desenvolvimentos relacionados ao vírus Zika. Neste ponto, parece claro que o vírus tem implicações para reprodução e que pode ser transmitida através da atividade sexual e tecidos reprodutivos.

Nós pedimos para quem está grávida, está considerando engravidar ou aqueles que podem estar envolvidos como doadores ou receptores de tecidos reprodutivos tenham cautela.

Devido ao entendimento da rápida evolução do Zika, nós recomendamos que os pacientes sigam as informações e recomendações disponibilizadas pelos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC).

O CDC divulgou o “Nível 2 – Práticas Avançadas e Precauções” como recomendação para determinadas áreas, incentivando grávidas, ou que pretende engravidar, que evite viajar para essas áreas ou reforce a prevenção e faça atividades de prevenção, caso a viagem não possa ser evitada.

Esta informação está disponível no website: http://www.cdc.gov/zika/