PESA / MESA

Cerca de 30% das causas de infertilidade conjugal são decorrentes exclusivamente de fatores masculinos. Várias condições podem alterar a quantidade e qualidade do sêmen, entre elas:

  • Varicocele
  • Obstruções nos ductos ejaculatórios (transporte dos espermatozoides): cirurgias, infecções, alterações genéticas (ausência congênita bilateral dos ductos deferentes – CBAVD, sigla para congenital bilateral absence of vasa deferens), vasectomia
  • Malformações testiculares
  • Tumores testiculares
  • Infecções testiculares (orquite): caxumba
  • Doenças genéticas: células dos testículos não produzem espermatozoides adequadamente

De acordo com o diagnóstico, o urologista especializado em Reprodução Humana pode utilizar algumas técnicas cirúrgicas para a obtenção dos espermatozoides para fertilizar os óvulos.

PESA

PESA (percutaneous epididymal sperm aspiration) é uma técnica em que se punciona o epidídimo para obter os espermatozoides, com uma delicada agulha e seringa. O epidídimo é um pequeno órgão que fica em cima dos testículos, onde os espermatozoides passam dias ganhando maturidade e capacidade de se movimentarem antes de serem ejaculados.

PESA

É a técnica mais utilizada para homens vasectomizados ou com azoospermia (ausência de espermatozoides no sêmen ejaculado) por causa obstrutiva com epidídimos com bom volume.

MESA

MESA (microscopic epididymal sperm aspiration) é uma técnica mais complexa que o PESA, em que o urologista utiliza microscópio para encontrar os espermatozoides nos epidídimos.

MESA2

É indicado para homens com azoospermia obstrutiva e epidídimos de volume reduzido, comum naqueles com ausência congênita bilateral dos ductos deferentes (CBAVD).

Custos VidaBemVinda