Tempo de Leitura: 2 minutos

As vitaminas são fundamentais para a saúde em qualquer fase da vida, especialmente para preparar o corpo para receber o bebê e, também, durante toda a gestação. Afinal, o consumo adequado de vitaminas para engravidar aumenta a chance de uma gravidez bem-sucedida, além de ajudar na fertilidade.

Quer saber quais suplementos vitamínicos são indispensáveis para cuidar do organismo nesse período? Confira o artigo!

Quais são principais vitaminas para engravidar?

A vitamina B9 ou ácido fólico é umas das vitaminas do Complexo B já bem estabelecidas como suplementação da mulher que está tentando engravidar. Você pode encontrá-la em alimentos como vegetais verde escuro, crucíferas e, até mesmo, em fontes animais como carne de fígado.

A principal função da suplementação do ácido fólico é diminuir defeitos de tubo neural e malformações no feto.

A polêmica, no entanto, se dá porque a forma ativa de ação do ácido fólico chama-se metilfolato. E mais de 30% da população não tem a enzima que faz a conversão do ácido fólico em metilfolato ou faz essa conversão com menor velocidade de ação.

Sendo assim, as duas maneiras de suplementar estão corretas. Porém, ao usar metilfolato, a mulher já está disponibilizando ao corpo a vitamina em sua forma mais ativa e biodisponível.

O que devemos suplementar?

As vitaminas são substâncias essenciais à vida, porém não são produzidas pelo nosso organismo. Elas têm função de reparo, renovação celular, agem no ciclo de metabolismo, antioxidante e até coagulação do corpo.

As principais fontes são os alimentos, mas algumas vitaminas — como a vitamina D — dependem de outras fontes externas, como a luz solar para sua síntese.

As principais vitaminas para engravidar preconizadas para as pacientes são :

  • Vitamina B9: conhecida como ácido fólico. Diminui a incidência de defeitos no tubo neural e melhoram a taxa de ovulação de fecundidade natural;
  • Vitamina C : melhoram as taxas de ovulação e de gravidez natural;
  • Vitamina E: função antioxidante e de reparo celular. É encontrada em peixes, sementes e oleaginosas;
  • Vitamina D: recomendado 30 minutos de sol diário entre às 10h e 16h. Considerada hoje um hormônio, tem funções diversas em enzimas e no metabolismo celular;
  • Vitamina B12: relacionado com formação neurológica do bebê. Encontrada principalmente em fontes animais e deve ser reposta em pacientes com baixos níveis sanguíneos ou vegetarianos e veganos.

Mas, atenção! Antes de decidir tomar vitaminas para engravidar, lembre-se que a avaliação de um médico especialista é fundamental. A suplementação é baseada na alimentação, estilo de vida e deficiências vitamínicas de cada paciente. É possível obter grande parte das vitaminas necessárias tendo uma boa alimentação e hábitos de vida saudáveis.

Gostou do artigo? Aproveite para conferir mais conteúdos como este no blog da VidaBemVinda!