Tempo de Leitura: 2 minutos

O estilo de vida da nossa sociedade tem levado as mulheres a tentar a gestação cada vez mais tarde para adiar a maternidade. Por isso, uma dúvida muito frequente é sobre os riscos de engravidar aos 40 anos.

Para descobrir tudo sobre gravidez tardia, continue a leitura do artigo!

Quais as chances de engravidar aos 40 anos?

Dados populacionais mostram que metade das mulheres que tentam engravidar aos 40 anos não conseguem a gestação após doze meses de relações sexuais. Com o passar da idade, as chances são ainda menores. Aos 44 anos, apenas uma em cada dez mulheres consegue gerar um bebê em um ano de tentativas .

Ganhar tempo, portanto, é o motivo pelo qual muitas mulheres recorrem às técnicas de reprodução assistida. Uma fertilização in vitro (FIV) com transferência de embriões normais geneticamente, por exemplo, permite que se tenha 50% de chances de gravidez no intervalo de apenas 30 dias.as chances de engravidar são de 18 a 20% por ciclo para casais saudáveis até os 35 anos de idade.

Mas, apesar da FIV aumentar as chances de gravidez, alguns riscos persistem!

Quais são os riscos de uma gestação tardia?

De maneira didática podemos dividir esses riscos de acordo com a sua origem. Assim, há dois tipos: riscos maternos e fetais.

Riscos fetais

Estão relacionados ao envelhecimento do óvulo que gerou a gestação. O óvulo envelhecido aumenta as chances de problemas genéticos na prole. Por essa razão, abortamentos, óbitos fetais e malformações de origem genética são mais comuns em gestações depois dos 40 anos.

Uma maneira de diminuir esses riscos e aumentar as chances de ter um bebê saudável é por meio do teste genético pré-implantacional (PGT-A). Outra forma é pelo uso de óvulos mais “novos”.

Atualmente, há duas formas de conseguir isso: pelo congelamento dos próprios óvulos, preferencialmente antes dos 37 anos, ou pela utilização de óvulos de uma doadora.

Riscos maternos

O uso dessas fontes alternativas de óvulos, no entanto, não diminui completamente os riscos de engravidar aos 40 anos. Essa mulheres terão mais chances de:

ter sangramento durante a gestação por problemas placentários;
ter diabetes gestacional e hipertensão durante a gravidez;
entrar em trabalho de parto prematuro.

Sim, você pode ter um bebê aos 40 anos!

Como vimos, as mulheres podem engravidar aos 40 anos e ter um bebê saudável! Com as técnicas de reprodução assistida, como a fertilização in vitro, teste genético pré-implantacional dos embriões e o congelamento de óvulos, é possível aumentar as chances de uma gestação e diminuir os riscos da gravidez tardia!

Todas essas técnicas, no entanto, não descartam a necessidade de uma boa avaliação clínica pré-gestacional e um acompanhamento pré-natal de alto risco, com mais consultas, rastreamento ativo dos problemas citados e intervenções preventivas e terapêuticas precoces. Essas medidas irão aumentar a chance de um desfecho favorável para mãe e para o bebê!

Decidiu ter um bebê após os 40 anos? Conte com o apoio da VidaBemVinda! Somos uma clínica de reprodução humana focada em tratamentos totalmente individualizados para conquistar um resultado feliz.

Acesse nosso site para conhecer mais sobre nosso trabalho ou entre em contato conosco. Será um prazer te ajudar e te apoiar nesse momento!