Tempo de Leitura: 2 minutos

A endometriose é uma doença que pode gerar dor e infertilidade.

Um dilema comum vivido por muitas pacientes é o que tratar primeiro: a dor com medicamentos e eventualmente cirurgia, ou a infertilidade, recorrendo a tratamentos de reprodução assistida.

Nessa caminhada, boa parte das pacientes preferem resolver primeiro a maternidade, recorrendo à fertilização in vitro (FIV).

Infelizmente, nem sempre a gestação ocorre. Os motivos podem ser vários, e muitas vezes tem a ver como uma resposta inadequada do organismo durante as várias etapas da FIV, em decorrência da endometriose.

Surge dessa forma o questionamento: é viável voltar atrás na decisão, e ir agora pelo caminho da cirurgia ao invés de se realizar nova tentativa de FIV?

Tentando responder a essa questão, um grupo de pesquisadores de um hospital de Israel estudou 78 mulheres com endometriose avançada que haviam tido falhas em tratamento de FIV e resolveram recorrer à cirurgia para tratar as dores associadas à doença antes de fazerem nova tentativa de gravidez.

O resultado foi animador: 33 mulheres engravidaram após a cirurgia, sendo 3 gestações espontâneas e 30 após nova FIV. Isso representa uma taxa de 42% de sucesso, o que pode ser considerado bom frente à gravidade dos casos (em média as pacientes estavam tentando gestação há 6 anos e já haviam feito pelo menos 4 tentativas de FIV antes de operarem) e pelo curto espaço de tempo entre a cirurgia e a gestação (em média 6 meses).

As maiores beneficiadas com a cirurgia foram as pacientes mais jovens (32,5 anos de média no grupo que engravidou contra 35,5 anos no grupo sem gestação) e com reserva ovariana boa (estoque de óvulos). O estudo destaca a importância da cirurgia ser realizada por especialistas em cirurgia reprodutiva e endometriose.

A conclusão dos autores é que realizar a cirurgia para endometriose, antes de uma nova tentativa de FIV, pode ser muito benéfico para mulheres que tiveram falha de FIV, têm menos de 35 anos e boa reserva ovariana.

Esse estudo encontra-se in press e será publicado em breve na revista Fertility & Sterility, publicação americana referência na área de medicina reprodutiva.

É claro que existem muitos fatores envolvidos na tomada de decisão. Para saber o que é mais adequado para o seu caso, consulte um especialista em reprodução humana.

Referência

Soriano D, Adler I, Bouaziz J, Zolti M, Eisenberg VH, Goldenberg M, Seidman DS, Elizur SE. Fertility outcome of laparoscopic treatment in patients with severe endometriosis and repeated in vitro fertilization failures. Fertil Steril. 2016 Jun 22. pii: S0015-0282(16)61299-2. doi: 10.1016/j.fertnstert.2016.06.003. [Epub ahead of print]