Tempo de Leitura: 3 minutos

Você sabia que entender qual o período fértil para engravidar te ajuda a aumentar as chances de  ter um bebê? Claro, que não é a causa mais frequente de infertilidade, mas acertar o momento certo da relação sexual pode ser crucial para a gravidez acontecer. 

Neste artigo, iremos te dar dicas de como reconhecer  o período fértil e conhecer o seu próprio corpo. 

Qual o período fértil para engravidar? Conheça as características

Estudos comprovam que a gravidez tardia tornou-se uma realidade no século 21. Também conhecida como gravidez com idade materna avançada, ela está relacionada a mulheres que dão à luz com idade igual ou superior a 35 anos, por motivos familiares, aumento da introdução feminina no mercado de trabalho e uso dos contraceptivos. 

Utilizar métodos contraceptivos hormonais é um avanço na medicina que trouxe muitos benefícios, porém será preciso ter paciência no momento de tentar engravidar. 

Isso porque o uso de anticoncepcional por longos períodos faz com que a mulher  não conheça seu ciclo menstrual e não perceba os sinais de ovulação, dificultando o reconhecimento do período fértil. 

Entender o seu corpo é uma informação fundamental para o processo reprodutivo. Então, vamos às dicas! 

1. Faça a contagem dos dias férteis

Os dias mais férteis são aqueles que antecedem a ovulação, sendo os dois anteriores. Porém, só é possível saber os dias mais férteis quando a ovulação  já aconteceu. Com isso, as mulheres que não possuem um ciclo menstrual totalmente regular não conseguem estimar o dia preciso  da ovulação.

A ovulação geralmente ocorre 14 dias antes da menstruação seguinte. Isso porque a fase lútea — que ocorre após a ovulação — dura cerca de 14 dias.

Então, para as mulheres que menstruam sempre na mesma data podem contar com essa matemática. Já para aquelas que não possuem esse controle, o ideal é estimar mais ou menos quando irá acontecer e ampliar esse período fértil. 

Como calcular o período fértil?

O período fértil são os 6 dias anteriores à ovulação, inclusive o dia da ovulação.

Se o ciclo for regular de 28 dias: desconte 14 dias (fase pós ovulação). A ovulação deve ocorrer no 14º dia. Período fértil: do 9º ao 14º dia do ciclo.

Se o ciclo for regular de 26 dias: desconte 14 dias (fase pós ovulação). A ovulação deve ocorrer no 12º dia. Período fértil: do 7º ao 12º dia do ciclo.

Se o ciclo for de 30 dias: desconte 14 dias (fase pós ovulação). A ovulação deve ocorrer no 16º dia. Período fértil: do 11º ao 16º dia do ciclo.

2. Teste de LH — Ovulação

O LH (hormônio luteinizante) é um hormônio utilizado para avaliar problemas de fertilidade, função dos órgãos reprodutivos, puberdade precoce e para detectar a ovulação. 

O teste de ovulação identifica o pico de  LH urinário, sendo que a ovulação acontece entre 24 a 48 horas após o teste.

3. Seguimento ultrassonográfico

É realizado um estudo do desenvolvimento folicular dos ovários da paciente, que vão resultar na ovulação, dentro de cada ciclo menstrual. 

O exame também observa o desenvolvimento do endométrio, no útero, e outros sinais de ovulação para que o dia exato da ovulação da paciente seja detectado, facilitando o conhecimento do melhor período para relação sexual para aumentar as chances da ocorrência da fecundação (encontro do óvulo com o espermatozoide, que resulta na gravidez). 

É importante saber que os casais que fazem de tudo para saber qual o período fértil para engravidar, podem ter o cortisol aumentado — hormônio do estresse — podendo dificultar  uma gravidez por prejudicar a ovulação. 

Além disso, estudos também comprovam que praticar relações sexuais diariamente ou em dias alternados aumentam as chances de engravidar, cobrindo de maneira efetiva o período fértil.

Possíveis sinais para reconhecer seu período periovulatório: aumento do muco cervical, aumento da libido e dor do meio do ciclo.

Outra dica para calcular seu período fértil é o uso de aplicativos de período menstrual. Existem vários disponíveis nas plataformas IOS e Android. 

Gostou de saber qual o período fértil para engravidar? Saiba mais informações sobre assuntos relacionados à fertilidade no blog da VidaBemVinda.