Tempo de Leitura: 3 minutos

Muitas mulheres têm dúvidas relacionadas à gravidez e à pandemia do Coronavírus. É necessário parar os planos de engravidar neste período de quarentena? Há riscos para as gestantes? Como proceder caso já tenha iniciado um tratamento para realizar o sonho de ser mãe?

Quer saber a resposta para todas essas questões? Continue a leitura e saiba mais sobre o assunto!

Pode engravidar no período de quarentena?

Primeiramente, não há evidências de que a gestante com COVID-19 possa desenvolver uma doença mais grave que a não gestante. Essas mulheres foram incluídas no grupo de risco por precaução.

Além disso, não existe nenhum indício de que a COVID-19 traga repercussão negativa para o bebê, como malformações, por exemplo. Logo, não há uma recomendação formal para que as pessoas evitem engravidar.

Entretanto, de acordo com as recomendações da Sociedade Brasileira de Reprodução Humana e da Sociedade Brasileira de Reprodução Assistida, não devemos iniciar novos tratamentos de reprodução assistida visando gravidez imediata. Essa recomendação foi feita mais no sentido de manter as pessoas em casa nesse momento de incertezas do que por ter sido verificado um perigo real do novo coronavírus para as gestantes ou para os laboratórios de reprodução assistida.

Por ora, temos indicado a preservação da fertilidade (congelamento de óvulos ou de embriões para uso no futuro, quando tudo isso tiver passado) para mulheres com idade reprodutiva avançada, que já sabem que têm estoque de óvulos baixo ou que irão se submeter a tratamentos que poderão levar à infertilidade (quimioterapia, por exemplo) e que não podem esperar para fazer tratamento. Se você acha que pode fazer parte desse grupo, fale conosco. Podemos orientá-la de forma individual e personalizada, utilizando os recursos da Telemedicina, com todo a segurança e sigilo.

Dicas e cuidados para quem deseja engravidar

Se você está tentando engravidar no período de quarentena, a dica é cuidar da saúde física e mental. É importante continuar o tratamento com ácido fólico, de acordo com a recomendação do seu médico, e fazer reposição de vitamina D, especialmente se não conseguir tomar sol diariamente por ao menos 20 minutos, no período das 10h da manhã às 3h da tarde.

Um dos pilares principais é seguir uma alimentação balanceada, saudável e rica em produtos naturais. Neste período, vale redobrar a atenção para evitar excessos ocasionados pela ansiedade e pelo hábito de “beliscar” alimentos e guloseimas ao ficar em casa. Procure manter no máximo três refeições por dia, nos horários habituais.

Praticar atividades físicas regularmente é outro método para garantir a saúde e facilitar a gravidez. A dica é tentar manter uma rotina e buscar aplicativos que ensinam exercícios que não necessitam de aparelhos e podem ser feitos em casa. Alguns exemplos são o BTfit, Seven, Freetletics e Madbarz. Mas existem muitos outros.

Essas duas medidas ajudam a manter o peso corporal dentro da faixa do IMC (Índice de Massa Corporal) que proporcionam os melhores resultados reprodutivos: de 18,5 kg/m² a 28 kg/m².

Além disso, não se esqueça de cuidar da saúde mental. Para lidar com a ansiedade, estresse, melhorar a qualidade do sono e aumentar a sensação de bem-estar, uma boa dica são os aplicativos de meditação, como o Calm e o Medite-se.

VidaBemVinda está funcionando?

Sim! VidaBemVinda está atendendo no período de quarentena, com regime especial, horários reduzidos, com menos funcionários e atendimentos espaçados, para evitar que as pacientes dividam o mesmo ambiente. Todas essas medidas foram tomadas para garantir o máximo de segurança de quem precisa do atendimento presencial.

Também aderimos ao uso da telemedicina, para que nossas pacientes recebam orientações médicas, sem precisar sair de casa!

Por fim, é importante frisar a necessidade de respeitar o período de quarentena e evitar ao máximo sair de casa. Especialmente, quem tem convívio com pessoas do grupo de risco, como idosos, cardíacos, quem sofre de problemas pulmonares e pessoas com imunidade baixa.

O artigo esclareceu suas dúvidas? Confira também outros conteúdos em nosso blog e mantenha-se atualizado!