Tempo de Leitura: 3 minutos

Se você está tentando engravidar há algum tempo sem sucesso, provavelmente está enfrentando um momento difícil e talvez você esteja se perguntando se você ou seu parceiro podem ter algum problema de fertilidade. Tente não ficar ansiosa. O tempo para engravidar pode variar muito. Mesmo que esteja tudo bem com a fertilidade do casal, a cada mês vocês cerca de 20 a 25% de chance de engravidar. Ficar grávida não é uma questão de sorte, há muitos eventos hormonais e fisiológicos envolvidos. Tente ter relações sexuais a cada dois ou três dias e aprenda a identificar os sinais de que você está em seu período fértil.

Se você tem menos de 35 anos e está tentando há mais de um ano, ou se tem mais de 35 e vem tentando há aproximadamente 6 meses, não tenha receio em visitar seu ginecologista e pedir orientações para ir a um bom especialista em reprodução humana. A infertilidade afeta cerca de 15% dos casais em algum aspecto. Mas não é necessário se desesperar: mesmo que vocês estejam neste grupo, vocês ainda têm chances de ter um bebê. Talvez você precise de mais tempo ou de ajuda médica para alcançar seu objetivo.

É normal ter medo de que possa haver “algo errado” com você ou com seu parceiro. Uma vez que a infertilidade é uma experiência compartilhada, não ajuda culpar o outro pela situação. Lembre-se que problemas de fertilidade atingem tanto homens, quanto mulheres e de forma aproximadamente igual.

Conheça alguns motivos pelos quais você deve desconfiar que talvez precise de ajuda para engravidar:

1. Você ou seu parceiro já tiveram uma doença sexualmente transmissível, como clamídia ou gonorreia.

2. Você fez uma cirurgia pélvica ou abdominal, como de apendicite, miomectomia ou retirada de cisto de ovário.

3. O seu parceiro teve uma hérnia inguinal ou fez cirurgia testicular.

4. Você tem ciclos menstruais irregulares ou muitas cólicas menstruais.

5. Você tem síndrome de ovários policísticos.

6. Você já teve doença inflamatória pélvica (endometrite, salpingite).

7. Você tem endometriose.

8. Você tem miomas uterinos.

9. Você teve uma gravidez ectópica no passado.

10. Você já teve dois ou mais abortos espontâneos.

11. Você toma rotineiramente medicamentos que podem afetar a fertilidade, como alguns anti-inflamatórios e antidepressivos.

12. Se você está acima do peso, com um Índice de Massa Corporal (IMC) superior a 29 ou abaixo do peso, com um IMC inferior a 19.

13. Você ou seu parceiro fumam, ingerem álcool em excesso ou usam drogas “recreativas”.

14. Seu parceiro tem alguma doença como diabetes, hipo ou hipertireoidismo.

15. Seu parceiro teve infecção testicular por caxumba (orquite viral).

16. Seu parceiro teve tumor, cisto ou câncer no testículo.

17. Os testículos do seu parceiro não “desceram”, ou seja, ficaram intra-abdominais.

18. Seu parceiro fez cirurgia na virilha ou teve lesão nos testículos.

19. Seu parceiro tem problemas para obter ou manter uma ereção, ou problemas de ejaculação.

20. Seu parceiro tem a síndrome de Klinefelter já diagnosticada (cariótipo 47 XXY).

21. Você ou seu parceiro trabalham com produtos químicos ou radioativos.

Mesmo com algumas dessas condições você ainda pode estar no grupo dos 85% dos casais que engravidam dentro de 12 meses, sem ajuda médica.

Porém, ir ao seu médico é a forma de ficar mais tranquila com o que está realmente acontecendo. Sinta-se livre para conversar com seu médico sobre suas preocupações ou temores, não importa quanto tempo você está tentando engravidar. Ele deve ser capaz de responder às perguntas, organizar alguns exames iniciais e, se necessário, encaminhá-los para um especialista em infertilidade.

Quer conversar a respeito? Deixe sua pergunta nos comentários.